•     
  •       


SOBRE

A primeira empresa homologada pelo Centro Técnico Aeroespacial, hoje ANAC, para produzir aviônicos civis no Brasil. Conheça a nossa empresa e nossos produtos. Criada em abril de 2003, recebeu a certificação de homologação de empresa em agosto de 2005.

Estamos instalados no Aeroporto Campo de Marte, em São Paulo – Brasil. O Brasil, um país de extensão continental, conta com uma frota de aeronaves próximos de 20 mil aparelhos (15 mil certificadas e 5 mil experimentais), está ligado a história da aviação e a criação e homologação de uma empresa de aviônicos teve como objetivo de, não só, atender as necessidades do mercado com sistemas e soluções modernas, mas exportar os produtos para outros países do mundo. A empresa tem o domínio completo sobre a tecnologia dos sistemas.

O software, uma criação própria, começou a ser utilizado na década de 90 e está já foi instalado em aeronaves em todos os continentes. O sistema oferece soluções que são únicas. O fato de ser de domínio próprio e não depender de autorizações de licenças de funcionamento ou suporte de terceiros, dá a empresa uma condição especial e com isto poder atender necessidades específicas de cada operador.

Colaboradores – a empresa conta com uma equipe de profissionais experientes na aviação, engenheiros e técnicos qualificados, identificados com a atividade e com o trabalho e tem o foco voltado para produzir o melhor produto a fim de satisfazer os clientes.


Missão

Criar sistemas e soluções de alta tecnologia destinada à navegação e simuladores de voo para treinamento de pilotos visando atender as necessidades de nossos clientes, em suas operações, proporcionando-lhes economia e maior segurança no voo.

Histórico

No início dos anos 90, Werner Dietmüller, engenheiro aeronáutico, recém formado, foi convidado por um de seus professores para ocupar uma cadeira como docente na Universidade de Viena de onde saíra.

A idéia de criar um sistema para ajudar na navegação aérea surgiu depois que alguns amigos, ainda jovens, se envolveram em acidentes aéreos, devido a condições climáticas. Isto na década de 80, na Áustria, um país com muitas montanhas e que, pelo menos, durante 06 meses do ano tem muita incidência de neve. Isto se torna muito complicado voar com aeronaves pequenas.

A formação como engenheiro aeronáutico e de computadores associado à experiência como piloto, hoje com mais de 3.000 horas de voo contribuiu muito para o desenvolvimento de seus sistemas, normalmente pelas experiências vividas e de sentir de perto as dificuldades que os pilotos encontram, principalmente para reagir diante de momentos de elevado estresse.


Históricos do GPS

O Sistema de Posicionamento Global(GPS) foi projetado pelo governo americano com o propósito primário de aumentar a eficiência das forças militares americanas e aliadas. Rapidamente tem se tornado componente integrante da emergente Infra-estrutura de Informações Globais, com aplicações que vão do mapeamento, vigilância e administração do tráfego aéreo internacional às pesquisas de mudanças climáticas e estruturais da Terra.

31Foto: Satélite da Lockheed Martin

GPS básico é definido como uma constelação de 24 satélites, em órbitas de diferentes planos, a uma distância aproximada de 18.000 km sobre a Terra, com estações no solo que são operadas e mantidas pelo Departamento de Defesa dos EUA. O SPS (Serviço de Posicionamento Padrão) é o serviço civil e comercial básico fornecido, que permite aos usuários terrestres, marítimos e aeronáuticos determinarem sua posição tridimensional, velocidade e tempo, 24 horas por dia, em todas as condições climáticas e em qualquer lugar no mundo.

Medindo a velocidade relativa para os diferentes satélites, por meio do efeito Doppler, o receptor pode determinar sua rota e velocidade. Um subproduto destes cálculos é o tempo exato percorrido. Normalmente, mais do que quatro satélites estão sempre visíveis de qualquer local do mundo. Este excesso de satélites é utilizado para melhorar e verificar o cálculo da posição, que é chamado de RAIM (Monitoramento Autônomo da Integridade do Receptor).

O receptor de GPS trabalha em 1,5 GHz, determinando sua posição por triangulação de distâncias, necessitando, ao menos, de quatro satélites para esta operação. Embora estes satélites não sejam geoestacionários (precisam de aproximadamente 12 horas para uma revolução), um receptor de GPS pode calcular sua posição de modo preciso.

2

Segmentos do exército norte-americano e de forças militares aliadas utilizam o PPS (Serviço de Posicionamento de Precisão), o qual, além de ser significativamente mais rápido, é mais preciso (porque usa duas freqüências) e, o mais importante, com sistema de criptografia de melhor qualidade que o do serviço civil.


Fale Conosco

+55 (11) 2221-5252
bravio@bravio.com.br
simuladores@bravio.com.br